terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Sobre ele: Zack Magiezi

   
Zack Magiezi
Recentemente, a minha timeline foi invadida por pequenos textos intitulados "notas sobre ela". Criei uma identificação tão grande com tudo que era compartilhado, que quis saber de onde vinha essa inspiração. 

    O autor do projeto é Zack Magiezi, um paulistano de 33 anos, que resolveu dividir os seus textos, produzidos em uma máquina de escrever, na página Estranherismo, que leva o mesmo nome do livro que vai ser lançado ainda esse ano, e conta com mais de 280 mil curtidas. Zack confessa que não esperava tamanha repercussão e procura não acompanhar os números: "eles podem roubar a pureza do meu momento de solidão com a máquina de escrever", diz.
      
    Quer saber mais sobre ele, que tanto sabe da gente? Acompanhe a entrevista:

Quem é Zack Magiezi? 

Meu nome é Izaias Magiezi Jr, tenho quase 33 anos e sou um paulistano meio cigano. Já estudei algumas coisas como: Teologia, História, Administração e, atualmente, Letras.

Quando você começou a escrever?


Em 2013 após um término eu senti uma necessidade incrível de falar das minhas coisas de dentro. Criei um blog e depois a página no Facebook, acho que necessidade é a palavra adequada, pois eu senti que iria adoecer.

Como funciona o seu processo criativo? Você pensa em alguém para escrever os seus textos?

Sou um observador e um ótimo ouvinte, então prego meus olhos e ouvidos na vida cotidiana, nas pessoas e nas suas histórias. Acredito que tudo é um diálogo, mas temos pouca disposição para ouvir. 

Quais são os escritores que você mais gosta?

Gosto de ler Julio Cortázar, Valter Hugo Mãe, Gonçalo Tavares, José Luís Peixoto, Gabo, Saramago, Bataille etc. 

O que mudou na sua vida depois da página?

Acho que foram as belas pessoas que entraram no meu jardim. Hoje, estou tendo uma linda oportunidade de encontrar tantas pessoas maravilhosas e isso me arrebata. Profissionalmente, sai do meu emprego para trabalhar em uma agência, o que me possibilita ter um tempo maior para criar.

Já tem data para o lançamento do livro?

Deve sair no princípio de Março (torça por mim).

Quais são os seus projetos para esse ano?

Trabalhar na divulgação do livro, continuar a produzir. Tenho trabalhado em um projeto de pequenas histórias cotidianas em Prosa.

Qual texto, que você escreveu, é o seu preferido?

Carta para Olívia
Olívia
Existe maldade nesse mundo
Mas há beleza
E para descobrir essa beleza
Você não precisa ir longe
Apenas pare e contemple
Ofereça flores ao mundo
Dance, abrace e sorria
Também é necessário chorar
Jamais use máscaras
Seja sincera
Com os seus sentimentos
E ganhará a amizade deles
E o respeito da vida
Trace a sua rota
Leia poemas
Coisas materiais
São apenas coisas
Olhe nos olhos
Converse com a natureza
Aprenda com ela
Distribua os tesouros da vida
E será rica
E terá paz
De alguém que te espera
E te ama muito
Seu pai

 Enquanto o livro não fica pronto, vale a pena acompanhar as doses diárias de poesia, por aqui